quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Baixio das Bestas





Baixio de bestas é sem dúvida um dos filmes mais interessantes do cinema brasileiro a surgir nos ultimos tempos. Trata-se de um retrato cru e preciso do Brasil profundo, de verdade, mostrado através do cotidiano sórdido de uma cidade na zona da mata pernambucana (igual a centenas de outras Brasil afora), onde ainda persiste um sistema de classes que parece nos levar de volta à época das capitanias hereditárias.




Matheus Nachtergaele e Caio Blat estão realmente impecáveis como dois agroboys violentos , mas todo o elenco é irrepreensível. Vale destacar a bela homenagem à Kubrick ,( na cena do estupro no teatro) , que cita textualmente uma sequência de Laranja mecânica , filme aliás com o qual compartilha o mesmo espirito.
Claudio Assis, o diretor , é um grande cineasta , (sou um grande fã), dono de seu próprio discurso cinematográfico e sempre interessado pela condição humana,  está construindo uma filmografia sólida, coesa, e até agora impecável (Amarelo Manga é o seu longa anterior - filmaço ! - dei meu DVD para um colega americano, mas não me arrependo)


Enquanto a maioria dos exemplares da "retomada" do cinema brasileiro são filmes artificiais e sintéticos, os de Claudio são realistas, autorais e caprichados estéticamente, sempre orbitando ao redor da maneira como as pessoas se colocam frente aos seus desejos mais primitivos, o que posiciona seu cinema anos à frente da assepsia vigente. O próprio realizador já declarou certa vez que o cinema brasileiro atual é "feito por babacas", e eu temo ter que concordar com ele, pelo menos para a maioria dos casos. Um nome a ser respeitado e observado com toda a atenção.







Titulo Original : Baixio de Bestas
Diretor : Cláudio Assis
Ano : 2007
País : Brasil
Awards : Festival de Rotterdam (Vencedor) / Festival de cinema Brasileiro de Paris / Festival de cinema brasileiro de Miami / Festival de Brasilia

5 comentários:

  1. Pedofilia, prostituição, estupros, perversões sexuais, exploração, mulheres objeto, abjetas. O filme é desconfortável, perturbador. Um olhar angustiante, tosco, bruto e convulsivo do Nordeste brasileiro. Agressivamente maravilhoso !! eeeeeeeeeeee ..... !!!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom filme! Obrigado por postar!!!

    Continue assim e não deixe de mandar filmes...

    ResponderExcluir
  3. Retrato da podridão que nos cerca, mas que não queremos enxergar.
    Esse filme é um soco na cara.
    Dolorosamente real.

    ResponderExcluir
  4. Larissa , esse filme é maravilhoso mesmo .. Acho que o Claudio de Assis é o diretor brasileiro mais talentoso em atividade e sou um grande fã . Torço para ele manter o padrão sempre assim ! Já assistiu amarelo manga ?
    [ ]s Vader ..

    ResponderExcluir
  5. As pessoas reclamam do cinema brasileiro porque assistem os filmes errados.
    Ainda não assisti Amarelo Manga, mas já vi que tem aqui e vou baixar agora mesmo.
    Muito obrigada pela dica.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...