quinta-feira, 19 de novembro de 2009

O Espirito da colmeia


Em uma pequena vila cinzenta da Espanha, em 1940, vive Ana, uma linda menina de 7 anos, imersa num mundo de imaginação e fantasias; ao lado de sua irmã Isabel, sua mãe silenciosa que escreve cartas a um destinatário que não existe, e seu pai, um homem austero e aficionado por abelhas.


Quando um cinema mambembe chega na vila e projeta uma sessão tosca do clássico Frankenstein, Ana se assusta profundamente com a  possibilidade da morte, que descobre ao assisti-lo. Esse é um filme muito sutil, alegórico e misterioso, mas ao mesmo tempo estranhamente belo e cativante. A menina Ana é uma espécie de pequena Amelie Poulain, só que numa versão mais dark, que vive a vida entre o sonho e o assombro. Com uma forte marca vanguardista espanhola e uma tremenda delicadeza, esse filme é um grande elogio à imaginação. O realizador Victor Erice conseguiu através dele contestar o franquismo sem ser pego pelos sensores.




O filme é carregado de simbologia, que costuma ser entendida como mensagens veladas sobre a situação da Espanha de então, que ainda vivia os anos finais do regime de Franco, na verdade bem mais brando do que antes, mas ainda assim presente. A desintegração da vida emocional familiar é uma metáfora da desintegração do país durante a Guerra Civil. O isolamento da casa da família seria o isolamento da Espanha na comunidade internacional nos anos Franco. Ana representaria a pureza do ideal republicano, enquanto sua irmã representaria o pragmatismo do regime de extrema direta. Frankenstein é o monstro do comunismo, como visto pelos nacionalistas. Finalmente o tal "espírito da colmeia" era o espírito da própria nação espanhola nos anos do fascismo: um país organizado e ordeiro, mas castrado de identidade própria. Estavam todos condenados a serem abelhas numa colmeia. 

Titulo original : El Espiritu de la colmena
Ano : 1973
Diretor : Victor Erice
País : Espanha
Awards : Festival de Tellurid / Festival de cinema de Veneza / Prêmio Fotograma de Plata - Espanha / Festival de cinema de San Sebastian / Prêmio ACE NY / Cinema Writers Circle Awards, Spain

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...