quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Trens estreitamente vigiados


Milos é um tímido estágiário numa estação ferroviária do interior da Tchecoeslováquia durante a II guerra , quando o país se achava sob o controle da alemanha Nazi . Porém Milos não está muito preocupado com sua nova função , mas sim em se iniciar com sucesso na vida sexual , e se tornar um homem como os seus colegas , mas para isso ele precisa superar os seus medos.


Apesar do cenário belicoso , o filme é uma comédia de costumes , uma quase chanchada elegante a seu modo , uma  análise quase ingênua dos hábitos sexuais desse (então) país do leste europeu , que de fato tem um certa fama de permissividade (hoje as melhores atrizes do hard são do leste europeu) .


Esse filme foi feito nos anos do rígido regime comunista no país , o que não deixa de impressionar , já que é bastante ousado nas sequências de sexo , embora agrade a ideologia do regime quanto a ridicularizar abertamente os Nazi .


Um pouco depois do filme ser lançado (mas não por causa dele) Praga seria ocupada por tanques russos , porque o espírito de liberdade por lá já estava ficando forte demais e precisava ser contido segundo a estreita visão de Moscow e relação aos países de sua orbita , liberdade essa que pode se perceber pelo tom dessa obra . Mas o diretor Jirí Menzel não parecia estar muito preocupado com nenhuma ideologia , mas sim em fazer esse belo filme focado mesmo no aspecto humano.





Titulo original : Ostre sledované vlaky
Diretor : Jirí Menzel
Ano : 1967
País : Tchecoeslováquia
Awards : Mannheim-Heidelberg International Film festival / Globo de Ouro / Oscar (melhor filme estrangeiro) / BAFTA Film Award / Directors Guild of America, USA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...