segunda-feira, 2 de novembro de 2009

V de Vingança


Esse filmaço adaptado dos quadrinhos adultos de Alan Moore faz uma excelente reflexão sobre totalitarismo, fascismo, e distopias futuras ! Numa bizarra Londres futurista, ou talvez numa realidade alternativa (?), um estado absoluto detêm o poder controlador sobre tudo e todos, porém um sinistro personagem que vive sob a cidade, V, tem planos de se rebelar contra o estado vigente das coisas. Ele é um sujeito culto e refinado, usa sempre uma máscara que remete à Guy Fawkes - um terrorista britânico do século 18 - mas possui planos de uma guerrilha urbana total, que colocaria fim ao monopólio estatal. Um dia V resgata Evey, uma incauta cidadã desconfiada (Natalie Portman - linda) e lhe apresenta às verdades dos fatos.


Um grande filme, pra mim um dos melhores dessa década, violento, obscuro, sinistro, e no ritmo mesmo de uma boa graphic novel, mas que na minha opinião passou meio batido. Foi o filme que levou ao grande público uma oportunidade de se refletir sobre o que é o Estado e até onde ele pode intervir na vida pessoal do cidadão. Um filme sem dúvida apologético das teorizações anarquistas, ligeiramente contaminado por fantasias anarco-punks e elementos de quadrinhos, afinal de contas é um filme. E a máscara de Guy Fawkes acabou virando na vida real sinônimo de black blocks, e mais tarde, tristemente, modinha. Um equivalente ideológico atualizado e mais violento de Brazil o filme, de Terry Gillian.





Titulo original : V for Vendetta
Diretor : James McTeigue
Ano : 2005
País : USA
Awards : Art Directors Guild / Chicago Film Critics Association / Costume Guild Awards / San Diego Film Critics Association  / Satellite Awards

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...