domingo, 11 de abril de 2010

The Driller Killer


Reno é um artista plástico vanguardista , que sem conseguir expor o seu trabalho , enlouquece lentamente no seu estúdio-apartamento enquanto pinta o quadro de um búfalo de olho hipnótico que ele acredita ser a sua saída da falência . Quando uma banda punk/new wave se muda para o seu prédio e começa os ensaios em alto volume , Reno entra em colapso e passa a atacar pessoas em furiosos surtos , com uma furadeira elétrica.



Esse é um excelente slashing que passa longe da mesmice do gênero , já que se trata de um drama psícológico com a atmosfera da New York No wave do final da década de 70 , a tal Blank generation que almejava o CBGB's acima de qualquer coisa. Uma mistura de filme art-house com slashing e exploitation ... O que poderia ser mais divertido ?!



Esse filminho fantástico , torturado e demente , acabou se tornando um grande cult , ainda mais porque causou muita controversia do outro lado do oceano , lá na terra da rainha , e permaneceu banido até o fim da década de 90. Era comum a mensagem " Esse disco tem que ser tocado alto " , nas capas dos antigos LPs , mas esse é o unico filme que tenho notícia que utiliza a mesma advertência em seu início . Clássico ! ..




Titulo original : The Driller Killer
Ano : 1978
Diretor : Abel Ferrara
País : USA
Awards : Night Visions Film Festival / IIk Horror Film Festival Finland

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...