sábado, 15 de maio de 2010

Afogando em Numeros


Três mulheres com o mesmo nome , Cissie Colpitts , enfrentam problemas com seus respectivos esposos. A mais velha delas afoga o seu marido em uma banheira , porém com a ajuda do legista local o crime é acobertado. Mas a suspeita do crime cria uma atmosfera de conspiração na cidade.



Magnífico exemplo do cinema delirante de Peter Greenaway , como sempre recheado de símbolos , referências em pinturas clássicas (aqui "As meninas " de Velazquez é a mais óbvia) , motivos psicanalíticos e a estranheza que é a sua marca , o que faz de sua obra um raro deleite e uma oportunidade de se apreciar um cinema inventivo e contestador , fruto da imaginação única e visionária de Greenaway. Cada tomada transpira cuidado estético quanto a decoração dos sets , cores , iluminação , planos e marcações , tal qual um quadro , uma pintura a cada cena.



A estória traz temas recorrentes da obra do diretor , como glutonaria , morte e traição , mas aqui ele também passeia pelos singelos terrenos da necrofilia light , a obcessão por catalogar , mutilação genital e pseudociese. Me lembro que em finais dos anos 90 , o diretor esteve por aqui para o festival de cinema do Rio , que se não me engano exibiu uma mostra com seus filmes , e até as entrevistas que o cara dava eram antológicas ...
Uma excelente pedida para o cinéfilo exigente , e , fique atento para a contagem de 1 a 100 , falada ou "mostrada" , da primeira à ultima cena do filme .


Título original : Drowning by Numbers
Ano : 1988
Diretor : Peter Greenaway
País : UK / Holanda
Awards :  Cannes / Toronto Film Festival / St. Louis International Film Festival / Seattle International Film Festival / Warsaw International Film Festival

LINK PARA TORRENT

LINK PARA LEGENDA

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...