sábado, 30 de outubro de 2010

Persepolis


Essa ótima animação conta, sob a ótica autobiográfica da cativante Marjane (uma menina iraniana iconoclasta e cheia de opinião, a primeira mulher iraniana a desenhar quadrinhos e a diretora do filme), a fascinante história recente do Irã, desde os tempos do xá Reza Pahlavi (cujo regime não era um espetáculo, mas ao menos o país gozava de uma liberdade civil próxima da ocidental), até a conturbada transição para o estabelecimento da terrível república islâmica, sob o comando do aiatolá Khomeini, quando os direitos civis, sobretudo das mulheres, foram colocados abaixo da estreita ótica do corão, da mesma forma que os costumes ocidentais foram satanizados pelo novo regime.




Hoje o Irã assusta tanto o mundo, e não sem motivo. A antiga tirania de Reza Pahlavi  foi substituida pela tirania dos fundamentalistas islâmicos, cujas origens da sua chegada ao poder foram as classes incultas e ressentidas dos anos do Xá, que levaram os Aiatolás ao poder pela força do zelo religioso somado à um discurso socialista genérico, e hoje se dedicam com muito ódio a banir a tal "maldade" do Ocidente e dos valores ocidentais. Se levarmos em conta que há petróleo em jogo, e que nem mesmo dentro do Irã o regime é uma unanimidade (vide os violentos e intermitentes protestos populares), a coisa toda é mesmo um enorme barril de pólvora ...



Se essa questão parece interessante ao leitor, então não deixe de assistir a este filme espetacular, que soube como abordar a questão de uma maneira clara e poética, ao se focar no aspecto humano das mudanças políticas (e religiosas) de uma sociedade em transição. E para quem gosta de ir mais fundo na complexa situação do choque de valores entre ocidente e oriente, sugiro humildemente a leitura do ótimo livro de Edward Said, Orientalismo: o oriente como invenção do ocidente, da companhia das letras (com a edição de bolso disponível, baratinho). Persepolis, filme bem feito, antenado e sensacional, é a adaptação em animação da série em quadrinhos de mesmo nome, escrita pela quadrinista Marjane Satrapi, e que é fortemente auto-biográfica.

Ela cresceu em Teerã em uma família de intelectuais, estudou no Lycée Français e presenciou a crescente repressão da liberdade civil na vida cotidiana dos habitantes do país, desde a queda do Xá, até a instauração do regime inicial de Khomeini. Com 14 anos foi mandada para Viena por seus pais, a fim de escapar da insanidade do regime iraniano, onde, por exemplo, uma mulher que anda sem lenço pela rua é presa sumariamente, ou apedrejada em via pública no caso de adultério. A mudança cria em Marjane uma ambivalência intima dos valores de ocidente/oriente que poderia facilmente ser transportada para a escala planetária. Filmaço.

Título original : Persépolis
Ano : 2007
Diretor : Vincent Paronnaud / Marjane Satrapi
País : França / USA
Awards : Festival de Cinema de São Paulo / BAFTA / British Independent Film Awards / UK Festival of Women's Cinema from Tangiers to Tehran / Human Rights Watch Film Festival UK / Miyazaki Film Festival / Cannes / Cinemanila International Film Festival / Giffoni Film Festival / Helsinki International Film Festival / Copenhagen International Film Festival / Hong Kong Asian Film Festival / Italia Internazionale Festival / New York Film Festival / Taipei Golden Horse Film Festival / Iceland French Film Festival / Melbourne International Film Festival / London Film Festival / Valladolid International Film Festival / Argentinean Film Critics Association Awards , entre outros 




quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Medos do Escuro


Quatro curtas franceses de animação experimental, em preto e branco, todos de caráter fantástico, entremeados por vinhetas abstratas como pano de fundo para sombrias reflexões existencialistas sobre o(s) medo(s) e os seus efeitos.




Coisa finíssima esse filme, um deleite para admiradores de animação, graphic novel, quadrinhos adultos, cinema fantástico, ou simplesmente para os que se sentem atraídos pelo lado obscuro ou se identifiquem com a estética dark e gótica. Sensacional.



Título original : Peur(s) du noire
Ano : 2007
Diretor : Marie Caillou / Blutch / Charles Burns / Pierre Di Sciullo / Lorenzo Mattotti / Richard McGuire
País : França
Awards : Austin Fantastic Fest / Sundance Film Festival / Gérardmer Film Festival / Los Angeles Film Festival / Roma International Film Festival / International Film Festival Rotterdam / Era New Horizons Festival / London FrightFest Film Festival / Chicago International Film Festival / Titanic International Filmpresence Festival / Motion Picture Sound Editors Awards USA 



...

domingo, 24 de outubro de 2010

Cinzas



Nos loucos anos 20 a estética modernista começava a varrer o mundo , mas foi na conservadora Madri , que três dos maiores expoentes do movimento se conheceram ainda estudantes : Salvador Dalí , Luis Buñuel e Garcia Lorca. É disso que trata este belo filme independente , a relação de três jovens fascinantes personalidades em um momento único. Um filme muito interessante , baseado nas memórias que Dalí revelou apenas no final de sua vida .


O legado de cada um deles é inestimável , e embora eu não seja um fã de todas as coisas que Dalí fez não há como negar a sua inventividade e visão única . Luís Buñel se tornaria um dos cineastas mais brilhantes da história e Garcia Lorca simplesmente se revelou o autor mais cultuado da língua espanhola , ao lado de Cervantes. Acho que seria melhor se o filme fosse falado em espanhol , mas , enfim , está tudo lá : surrealismo , Guerra civíl espanhola ... Um filme muito bom , que com certeza agrada aos interessados nesses temas ..

Título original : Little ashes
Ano : 2008
Diretor : Paul Morrison
País : UK / Espanha
Awards : Raindance Film Festival / Valladolid Film Festival / Belfast Film Festival / GLAAD Media Award

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Gigante


Jarito trabalha como segurança noturno em um supermercado na periferia de Montevidéo . Através das câmeras de segurança se apaixona por Julia , uma funcionária da limpeza . Porém , por ser muito inseguro e tímido , Jarito não consegue se aproximar de Julia , e passa a viver uma paixão doentia que existe apenas através dos monitores de segurança.


Que belo filminho uruguaio , tão simples e eficiente , que inesperadamente arrancou elogios em muitos festivais mundo afora , e conseguiu o feito de levar para casa o Urso de Prata em Berlin . Um excelente trabalho de direção e montagem , cinema de qualidade , low-fi , e como Jarito , de poucas palavras  ..


Título original : Gigante
Ano : 2009
Diretor : Adrian Biniez
País : Uruguai / Argentina / Espanha / Alemanha
Awards : Berlin International Film Festival / Festival de Cinema de Gramado / Buenos Aires International Festival of Independent Cinema / CPHPIX Festival Dinamarca / Festival Alemão do Cinema Latino- Cine Latino Tübingen / Karlovy Vary International Film Festival / Motovun Film Festival / Sarajevo Film Festival / Noorderzon Festival Groningen / London Film Festival / Telluride Film Festival / Helsinki International Film Festival / Toronto International Film Festival / Vancouver International Film Festival / Los Angeles Latino Film Festival / Vienna International Film Festival / Pantala Pilamar Festival de Cinema Argentino / B-Est International Film Festival Romênia / Prêmio Goya de Cinema Espanhol , entre outros ...

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

A Barriga do Arquiteto





Um arquiteto americano chega à Roma com a sua esposa , a fim de organizar uma exposição em tributo à Étienne Boullée , um antigo arquiteto francês de quem é um admirador devoto. Porém , ao longo dos nove meses que passa em Roma a sua vida se transforma de muitas maneiras , quando passa a desenvolver uma doentia obcessão por barrigas .


Mais uma preciosidade do genial diretor britânico Peter Greenaway , que trata de seus filmes com o cuidado de uma pintura , e não por acaso os enche de elementos de arte , (que servem como um fio condutor para toda a história - aqui neste caso a grandeza da Roma antiga) , visceras , obcessões , glutonaria e estranhezas . Sempre intrigante , sempre trágico , sempre ambicioso . Não tem como não ser fã do cara ! Um filme fantástico !

                                 
Título original : The Belly of an Architect
Ano : 1987
Diretor : Peter Greenaway
País : UK / Itália
Awards : Cannes / New York Film Festival / Thessaloniki International Film Festival / Toronto Film Festival

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Alice nas cidades



Philip Winter é um jornalista alemão que encontra-se na América para escrever uma matéria sobre aquele país . Porém , ele experimenta um bloqueio criativo e resolve voltar à Alemanha. Quando vai comprar o bilhete de volta conhece Lisa e sua encantadora filha Alice , com quem acabará vivenciando uma pequena jornada.



Lindo filme do diretor alemão Wim Wenders , e dentre todos os seus filmes que admiro , por esse tenho um fraco em especial , pois desperta um tipo de emoção que não saberia muito bem como descrever . Não é tão hermético quanto os seus primeiros trabalhos , assim como ligeiramente mais otimista , porém poético e discreto como sempre. Um belo filme.


Título original : Alice in den Städten
Ano : 1974
Diretor : Wim Wenders
País : Alemanha
Awards : New York Film Festival / Singapore International Film Festival / Thessaloniki International Film Festival / Sofia International Film Festival / Buenos Aires International Festival of Independent Cinema / German Film Critics Award

LINK PARA TORRENT


LINK PARA LEGENDA

DVD

...

sábado, 16 de outubro de 2010

A Teta Assustada


Fausta é uma jovem Quechua peruana , tímida e supersticiosa , que mora em uma árida favela na periferia de Lima , no Peru . Quando sua mãe morre subitamente , Fausta não tem como sepultá-la , e conserva o cadaver na casa de familiares até que uma solução apareça.


Esse é um filme de tema duro , sobre uma menina que , dentro de si , traz uma razão que acredita ser o motivo para nunca , jamais aproveitar as alegrias da vida . Este pequeno esforço independente , feito em meio a muitas dificuldades (apenas dois atores eram profissionais) , consegue transmitir o recado , e coloca o cinema do Peru no mapa. 

Título original : La Teta Asustada
Ano : 2009
Diretor : Claudia Llosa
País : Peru / Espanha
Awards : Berlin International Film Festival / Istanbul Film Festival / Motovun Film Festival Croatia / Cinemanila International Film Festival / Vancouver International Film Festival / London Film Festival / Thessaloniki International Film Festival / Festiwal Filmy Swiata ale kino / Pelicula Pelikula Spanish Film Festival / Durban International Film Festival / Palm Springs International Film Festival / Havana Film Festival / Prêmio Goya de Cinema Espanhol / Guadalajara Mexican Film Festival / Lima Latin American Film Festival / Montréal Festival of New Cinema

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Sobre café e cigarros



Encerrando esta trilogia de postagens do diretor independente Jim Jarmusch , esse projeto reuniu (ao longo de 18 anos) várias vinhetas onde os personagens conversam , com uma ou outra digressão , exatamente sobre a combinação do título : café e cigarros. Parece simples e é mesmo , as pessoas sentam , conversam e tomam café . O tom dos curtas varia da comédia a tristeza existêncial , sempre com referências ao universo cultural pop/alternativo.


As figuras fazem a coisa toda ter sentido : Iggy Pop (a iguana) , Tom Waits (o caverna) , Roberto Benigni (o bobo alegre) , Bill Murray ("O" Bill Murray) , Steve Buscemi (o onipresente) , Os White Stripes (o hype , e apenas isso) , Os malucos do Wu Tang Clan (os Brothers) , Steve Coogan  (o Cool thing de 24 hous party people) , entre outros . No fim das contas é uma declaração de amor ao cigarro e ao café ,  e uma boa observação sobre as obcessões ..


Título original : Coffee and Cigarettes
Ano : 2003
Diretor : Jim Jarmusch
País : USA / Japão / Italia
Awards : American Independent Film Festival / Festival de Veneza / Vienna International Film Festival / Toronto International Film Festival / Alès Film Festival / Buenos Aires International Festival of Independent Cinema / San Francisco International Film Festival / Tribeca Film Festival / Moscow Film Festival / Filmquart Film Festival / Film by the Sea Film Festival / Helsinki International Film Festival / Athens Film Festival / Tallinn Black Nights Film Festival / Jakarta International Film Festival / Central Ohio Film Critics Association / Chlotrudis Award / Independent Spirit Award

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Down by Law


Nas profundezas do sul americano , três homens completamente diferentes acabam sendo vítima de seu próprio excesso de esperteza (entre eles ninguém menos do que Tom Waits , com seu vocal das trevas , autor de uma de minhas frases prediletas de todos os tempos : "O Diabo é Deus de porre") . Como preço pelo excesso de confiança , acabam tendo que sofrer as consequências disto juntos , em uma temporada na prisão estadual.


Jim Jarmusch dirigiu este longa na sequência de Estranhos no paraíso ,  quando seguiu a mesma estratégia despretenciosa e contemplativa : fotografia em preto e branco , clima lo fi , movimentos de câmera criativos , tudo embalando um roteiro muito simples , mas com personagens fortes e muita personalidade , criando a atmosfera típica de seus filmes. Um filme que agrada apenas aos apreciadores de cinema indie e minimalismo .





Título original : Down by Law
Ano : 1986
Diretor : Jim Jarmusch
País : Alemanha / USA
Awards : Cannes / Toronto Film Festival / New York Film Festival / Amanda Awards Noruega / Bodil Awards / Independent Spirit Awards / Robert Festival / Italian National Syndicate of Film Journalists

domingo, 10 de outubro de 2010

Estranhos no Paraíso


Esse filme estranho e minimalista , conta a estória de Willie , um imigrante hungaro vivendo em New York , que inesperadamente recebe a visita de sua prima adolescente , Eva , recém chegada de Budapeste. Inicialmente Willie , um legítimo Low life , não gosta da idéia , porém mais tarde desenvolve uma estranha afeição por Eva .


Estranhos no paraíso é , acima de tudo , um exercício de experimentação , raras vezes visto no cinema americano , ainda por cima na década de 80. O diretor Jim Jarmusch (que faz uma ponta como o idiota comendo cachorro quente no bar em Cleveland ) parece ter escolhido a dedo as locações mais desoladoras possíveis para retratar a américa como o irônico "paraíso" que sugere o título . O filme é uma mistura de roadie movie melancólico , com forte influência do cinema de Wim Wenders (com que Jarmusch havia trabalhado) , e cinema independente europeu.


Trata-se do típico filme que come pelas beiradas , vai tornando-se envolvente aos poucos , low fi e despretencioso  . Interessante como continua funcionando incrivelmente bem após todos estes anos , nada parece estar datado , e sob vários aspectos é muito mais moderno do que muita coisa que se faz hoje em dia. E escutar  Jay Hawkins com " I put a spell on you " após a trágica ironia final ainda me provoca arrepios .. Clássico alternativo ...

Título original : Stranger than Paradise
Ano : 1984
Diretor : Jim Jarmusch
País : Alemanha / USA
Awards : Cannes / International Film Festival Rotterdam / Toronto International Film Festival / New York Film Festival / Kinema Junpo Award / Locarno International Film Festival / Satellite Award / NSFC Award USA / National Film Preservation Board USA

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Magical Mystery Tour




Depois que seu empresário , Brian Epstein , morreu subitamente por ingestão acidental de alcool e tranquilizantes , os Beatles estavam ligeiramente sem direção. Após gravarem alguns singles brilhantes , decidiram produzir um filme que os ajudasse a promover as canções do seu album seguinte , já que estavam decididos há alguns anos a não mais sairem em turnês. Assim nasceu The Magical Mistery Tour , o nonsense psicodélico mais charmoso da contracultura , e também o primeiro naufrágio comercial da banda , já que , embora musicalmente continuassem impecáveis e ainda evoluindo , o filme foi massacrado pela já cruel mídia britânica , que aguardava ansiosamente por qualquer erro dos rapazes.



Nada como o olhar em perspectiva para resgatar esta peça fantástica , que na época do seu lançamento bombou feio dos dois lados do atlântico , mas que se tornaria um grande cult com todo aquele ar trash , obrigatório aos beatlemaníacos , pois é o item mais maldito na biografia dos caras. Numa época pré Mtv deve ter sido realmente difícil se entender o conceito de video clip , já que isso não existia ainda , sem contar o experimentalismo crescente no som da banda , nada palatável ao público de então , ainda com She loves you e cabelos chacoalhantes na memória.



Para mim , um fanático religioso pela banda (do tipo que peregrinou até Abbey road e bateu a foto clássica com o pé trocado , sem sentir a menor vergonha de fazer isso , além de ter declarado no muro dos estúdios da EMI todo o meu amor pelo combo) , esse filme é um maná , a quintessência , o gozo celestial . Me lembro de assisti-lo repetidas vezes com o meu bom amigo Andre , já desaparecido destas bandas , no que talvez fosse seu unico lazer-disc , enquanto consumíamos substâncias estupefactantes .. Nós éramos o Walrus ...


Título original : Magical Mystery Tour
Ano : 1967
Diretor : Os Beatles
País : UK
Awards : Nenhum

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Mein Führer


Durante a segunda guerra, já às vésperas da derrocada final alemã, o ministro de propaganda nazista, Goebbels, tem uma ideia estranhíssima: chamar um renomado ator judeu, que se encontra deportado em um campo de concentração, para dentro da chancelaria do Reich, com o objetivo de ensinar ao Führer técnicas de representação teatral, com a finalidade de tornar um suposto discurso para levantar a moral do povo alemão, em um sucesso.


Impagável comédia alemã, que finalmente mais de 40 anos depois do vexame, exorciza geral os demônios nazi nesse filme muito bem sacado, que é imperdível para os aficionados em segunda guerra, mas dessa vez numa abordagem sacana e anárquica, e com certeza super inteligente nos detalhes. Obviamente todos os faisões dourados foram reduzidos a pó, sobretudo Hitler, mas o figuraça mesmo aqui é o Goebbels .


Na Alemanha a piada não pegou muito bem, já que além do óbvio incômodo que ainda rola por lá em torno do assunto, o filme é também totalmente politicamente incorreto (Hitler dormindo na cama no meio de dois judeus, ou de quatro no chão em baixo de sua adorada cadela Blondi) em se tratando de um tema tão delicado e que envolveu crueldade e genocídio. E ainda por cima o filme foi feito com dinheiro público, e isso lá é coisa sagrada. Mas, na boa, o filme é muito bom e merece absolutamente ser assistido.








Título original : Mein Führer Die wirklich wahrste Wahrheit über Adolf Hitler
Ano : 2007
Diretor : Dani Levy
País : Alemanha
Awards : Festival de Cinema do Rio de Janeiro / Festival de Cinema de São Paulo / Paris German Film Festival / Festival de Berlin / Copenhagen International Film Festival / German Film Festival in Argentina / Barcelona Jewish Film Festival / German Film Critics Award / Festival de Moscow

...

sábado, 2 de outubro de 2010

XXY


Alex foi criada como menina pelos seus pais , que se isolaram em um remoto balneário uruguaio , para protegê-la da atenção que a sua peculiar condição poderia despertar dentro da agitada Buenos Aires : Alex é um hermafrodita , ou seja , possue as características sexuais de ambos os sexos . Porém quando chega a adolescência e o despertar sexual , Alex se sente confusa quanto a que direção apontar o seu desejo .


Interessante filme argentino que aborda esse raro tema , de uma maneira bem interessante , focando-se sobretudo no aspecto humano do portador , e nas suas implicações emocionais e sociais . Uma boa história sobre a ambiguidade dos gêneros , em mais um bom filminho da empolgante safra recente do cinema argentino.





Título original : XXY
Ano : 2007
Diretor : Lucia Puenzo
País : Argentina / Espanha / França
Awards : Festival de Cinema do Rio / Cannes / Taormina Film Festival / Edinburgh Film Festival / San Francisco International LGBT Film Festival / Tallgrass Film Festival / Miami International Film Festival / Birds Eye View Film Festival / Paris Gay and Lesbian Film Festival / Diversa Film Festival / Reykjavik International Film Festival / Santa Barbara Film Festival / London Lesbian and Gay Film Festival / Festival de Atenas / Prêmio Condor de Prata Argentina / Golden Kinnaree Award / Prêmio Ariel de Cinema Mexico / Golden India Catalina / Clarin Awards / Festival de Cinema de São Paulo / Festival de Montreal , entre outros

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Fogos de artifício


Nishi é um impassível detetive da força policial de Tokio , que se encontra entre as dificuldades e violência do seu trabalho , onde precisa lidar com a poderosa yakuza , e uma dolorosa realidade familiar : sua esposa tem leucemia em fase terminal .


Esse cultuado filme começa dando pinta de policial noir , mas na verdade é um drama existêncial , repleto de violência estilizada , entre a brutalidade e o emocional . É uma boa pedida para os entusistas do cinema nipônico , trazendo um Takeshi Kitano bastante diferente do impagável Minnâ-yatteruka . Um bom filme ...


Título original : Hana - bi
Ano : 1997
Diretor : Takeshi Kitano
País : Japão
Awards : Mostra de Cinema de São Paulo / Moscow Film Festival / Festival de Veneza / Yokohama Film Festival / Camerimage Film Festival / Jakarta International Film Festival / Helsinki International Film Festival / Eurasia Film Festival / Karlovy Vary International Film Festival / Sochi International Film Festival / Italia Police Film Festival / Muestra Internacional del Cine México / Fantasporto / New York Film Festival , entre outros

LINK PARA TORRENT

LINK PARA TORRENT OPCIONAL

LINK PARA LEGENDA

DVD

...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...