terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Sybil



Sybil é um filme que conta a história de uma mulher silenciosa e retraída , mas que traz dentro de si multiplas personalidades que se revelam nos momentos mais inoportudos , motivadas por amargas lembranças que a moça traz de sua tumultuada infância . Baseado no livro do mesmo nome que tornou-se célebre ao descrever esta rara e desafiadora condição psiquiátrica , de complexa terapia e diagnóstico. 





Taí um filme que é a cara do cinema americano nos anos 70 : um flick raro , que mostra um drama humano e baseado em fatos reais (os anos 70 foram for real baby) . Sally Field (e não Jane Fonda!) está muito bem no(s) papel(eis) de uma pobre mulher com disturbio de multipla personalidade em plena Nova York setentista . Um filme que é pura teoria psicanalítica , e com certeza um interesse no tema ajuda o espectador a enfrentar suas mais de 3 horas (na versão em DVD (duplo) que vem ainda com um documentário sobre o tema e making of ). Um bom filme , excelentre trilha , montagem e elenco ..



Título original : Sybil
Ano : 1976 (Produção original para TV)
Diretor : Daniel Petrie
País : USA
Awards : American Cinema Editors / Emmy Awards / Golden Globe / TV Land Awards

5 comentários:

  1. Essa postagem foi uma boa dica do Blogueiro Theo .. Obrigadão Theo !

    []s Vader

    ResponderExcluir
  2. Acabei de baixar o filme e passei os olhos por cima, digamos (vê-lo só com tempo e calma que ele exige). Mas chama a atenção a Sally Field. Ela já era mais que estabelecida nos anos 70, mas nunca deixou de fazer papéis difíceis ou de fazer muitos filmes indie. Aliás, ela continua assim, fazendo muitas produções independentes, papéis no "cinemão", além de nos brindar com sua presença nas séries de TV. Que grande atriz!

    ResponderExcluir
  3. E realmente nesse filme em especial o desempenho dela é de tirar o chapeu ...
    [ ]s Vader

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso!

    Semanas atrás assisti o Anticristo, de Trier, agora assisto Sybil, quase dei uma overdose psicanalítica... rsrsr ele me ajudou a decidir o que realmente quero: seguir na carreira da psicanálise, ser um psicanalista.

    Posta mais filmes assim (psicanalíticos) Lord Vader!

    ResponderExcluir
  5. Mateus ,

    Também sou fascinado por teoria psicanalítica e pelo labirinto da mente humana. Na verdade a maioria dos filmes que compartilhei aqui têm um que de psicanalíticos já que abordam a condição humana na quase totalidade. O fato é que toda manifestação criativa , desde a invenção de Deus , até nossas canções e filmes prediletos , nasceram das profundezas do inconsciente .

    Valeu Mateus !

    [ ]s ! Vader

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...