sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

O Pagador de Promessas


Zé do Burro é um camponês que saiu de seu povoado arrastando uma cruz "igual a de Cristo" por 7 léguas , até chegar em Salvador , onde deveria quitar sua promessa com Santa Bárbara. Porém Zé e sua esposa são impedidos de entrar na igreja pelo pároco , pois a sua promessa havia sido contratada em um terreiro de Candomblé.


Um dos melhores filmes já feitos no Brasil , que resume tão bem cinco séculos de nossa história em menos de duas horas . Anselmo Duarte já tinha longa escola como ator , do tempo em que o cinema brasileiro ainda produzia em escala industrial , e rodou essa jóia combinando emoção com uma técnica invejável.


O filme seduziu os jurados de Cannes , encantados com aquela mistura que tem cara de realismo italiano , panfleto político , anticlericalismo e pororoca cultural da melhor qualidade (o que até hoje enfeitiça os gringos sobremaneira - Brasil , o grande mix) , e claro , Norma Bengell , um pitéu , fazendo a melhor bagaceira desde sempre . Clássico !




Título original : O Pagador de Promessas
Ano : 1962
Diretor : Anselmo Duarte
País : Brasil
Awards : Cannes / Adelaide Film Festival / Poland Latin America Film Festival / Golden Gate Award / Academy awards / Cartagena Film Festival

3 comentários:

  1. Excelente filme.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Valeu Anônimo , esse filme é mesmo sensacional , se fosse feito hoje em dia ia se chamar crucificado pelo sistema , igual ao disco do ratos de porão , rs.

    [ ]s !

    ResponderExcluir
  3. Classicão do Bom, tanto o filme quanto o livro, orgulho nacional, unico a ganhar palma de ouro o festival de cinema mais importante, pra mim

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...