domingo, 28 de dezembro de 2014

A Rainha Diaba





Diaba é um travesti sádico e cheio de marra que comanda, dos fundos de seu próprio puteiro, o crime organizado na Lapa dos anos 70, numa época mais romântica do crime carioca, onde malandro ainda usava navalha. Mas um desequilíbrio no jogo de poder entre Diaba e seus asseclas pode acabar com o reinado da rainha. Filmaço, dirigido pelo veterano Antônio Carlos da Fontoura. A Rainha Diaba é a própria essência do imaginário que inspirou o já saudoso primeiro momento de Hermes e Renato: anos 70, malandragem, gírias impagáveis, indumentária de cabaré e violência. Em sua época pré Cidade de Deus, causou impacto, pela sua crueza, em diversas mostras e festivais europeus, tendo sido reprisado na exibição paralela do festival de Cannes deste ano. 






Contudo, o maior trunfo do filme é a fotografia realista de José Medeiros, o conhecido "poeta da luz", verdadeiro mestre no ofício. Medeiros foi um dos diretores de fotografia mais competentes do cinema brasileiro nos anos 70, fotógrafo discípulo de Henri Cartier Bresson, um verdadeiro artista. Em Diaba ele fez um lindo trabalho, e são inúmeros os planos onde a composição é impecável, os enquadramentos inventivos, cheios de poesia, além dos travellings de câmera bastante criativos e belos. Com certeza somou muito ao apelo do filme, que só por isso merece ser assistido pelo cinéfilo aplicado. Mas Rainha Diaba tem muito mais: um colorido e uma iluminação perfeitos, um elenco espetacular, uma história sólida, e a trilha sonora original que inclui momentos rock-jazzisticos de alta qualidade. Grande patrimônio do cinema brasileiro, e de um valor estético impressionante.


Título Original: A Rainha Diaba
Ano: 1974
Diretor: Antônio Carlos da Fontoura
País: Brasil
Awards : Festival do Cinema Brasileiro de Brasília / Prêmio de Qualidade do Instituto Nacional de Cinema / Cannes / Festival de Cinema de San Sebastian / 80 Ans de Cinéma Brésilien Centre Pompidou - Paris / Mostra Black Roots-Racines Noires, Milão e Paris / Prêmio Air France de Cinema / Prêmio Associação Paulista de Críticos de Arte



                       

2 comentários:

  1. Meus parabéns pelo blog, meu caro! Te acompanho faz algum tempo e foi através do seu trabalho que ampliei meus conhecimentos a respeito de CINEMA.... Bom ano pra ti e sucesso...!

    ResponderExcluir
  2. Prezado Thiago, obrigado pelas suas palavras. Sinto-me honrado pela participação !
    Obrigado em um excelente ano de 2015 para você também.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...