domingo, 11 de janeiro de 2015

Miss Violence





Uma família de classe média de Atenas é composta por um pacato casal de senhores que cuidam de três filhos e de dois netos. No dia do aniversário de 11 anos da pequena Angeliki, a menina se joga da sacada do apartamento, deixando toda a família perplexa. Porém seu ato desesperado apenas esconde uma surpreendente trama de horror e nojo, que será desvendada pouco a pouco pela narrativa, e se resolve apenas na ultima sequência. Miss Violence é um filme surpreendente. Lento, pesadão, e sutil, é uma obra bem realizada, cuja cenografia é totalmente coerente dentro de sua proposta de comunicar o sentimento de obscuridade que permeia a história. 






Nota-se claramente que cada plano do filme foi rigorosamente estudado, sobriamente composto e interpretado pelo elenco, e o resultado final proporciona uma forte experiência estética que não se encontra comumente por aí. O apartamento da família, principal espaço da ação, é fotografado sempre na penumbra, nas sombras, como um sinistro covil de terror, hermético e prisional. O silêncio domina o filme. O silêncio do pesar, da reflexão, do medo, do luto. O diretor utiliza elementos cênicos compostos de tal forma que eles se solidarizam com a narrativa: a família assiste apenas documentários de vida animal, que funcionam como metáforas da bestialidade inominável que permeia os fatos. Outros elementos de cena colaboram com outra dimensão do filme, que consegue documentar o momento de penúria econômica, e mesmo moral (uma coisa sempre está ligada à outra) da sociedade Grega atual. A imagem de coisas banais como um carro já velho, e mesmo da comida, assumem um grande valor simbólico na dinâmica do que se quer contar. Um filme muito interessante.



Título original: Miss Violence
Ano: 2013
Diretor: Alexandros Avranas
País: Grécia
Awards: Venice Film Festival / Toronto International Film Festival / Reykjavik International Film Festival / Vancouver International Film Festival / Busan International Film Festival / Montreal Festival du nouveau cinéma / São Paulo International Film Festival / Thessaloniki International Film Festival / Stockholm International Film Festival / Auteur Film Festival, Belgrade / Dubai International Film Festival / Jameson Dublin International Film Festival / Glasgow Film Festival / Hong Kong International Film Festival / Skopje Film Festival / Sydney Film Festival / Los Angeles Greek Film Festival / Jerusalem Film Festival / Sarajevo Film Festival / Hamburg Film Festival / Taipei Golden Horse Film Festival



                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...